Banco de Moçambique conclui auscultação pública sobre a proposta de criação de Fundo Soberano

gasrovumaO Banco de Moçambique (BM) publicou a matriz das contribuições recebidas de instituições públicas e privadas nacionais e estrangeiras, organizações da sociedade civil e particulares sobre a proposta técnica do Modelo de Fundo Soberano para Moçambique, cuja auscultação pública decorreu entre os meses de Outubro e Dezembro de 2020.

Segundo o comunicado do BM as contribuições recebidas apoiam a iniciativa de criação do Fundo Soberano.

 

Recorde-se que o debate sobre a criação de um Fundo Soberano em Moçambique iniciou em antecipação à era de exploração de gás donde se prevê a proveniência das receitas para o tal fundo.

 

Consulte aqui a Matriz das Contribuições da Proposta Técnica do Modelo de Fundo Soberano para Moçambique.

Banco cetral mantém a Taxa de Juro de Política Monetária em 13,25%

O Comité de Política Monetária (CPMO) do Banco de Moçambique decidiu manter a taxa de juro de política monetária, taxa MIMO, em 13,25%. Esta decisão é sustentada pela manutenção das perspectivas de inflação em um dígito, não obstante a prevalência de riscos e incertezas elevados, sobretudo os decorrentes do aumento dos preços dos bens alimentares e combustíveis líquidos, bem assim dos constrangimentos na cadeia de fornecimento de bens no mercado internacional.

meticalmoedaNo seu comunicado de imprensa, o BM justifica as medidas pelo facto dos riscos e incertezas associados às projecções de inflação manterem-se elevados. A nível interno, destaca-se o impacto do ajustamento em alta dos preços dos combustíveis e a prevalência de incertezas quanto ao prolongamento e magnitude do impacto da pandemia da COVID-19 na economia. A nível externo, mantêm-se as incertezas em relação à evolução da pandemia, ao aumento do preço do petróleo e ao prolongamento dos constrangimentos na cadeia de fornecimento de bens, que resultam em elevados custos de transporte e demora na entrega de mercadorias.

Bolsa da Valores de Moçambique cresce na capitalização de bolsistas em 16,5%

bolsadevalor21A Bolsa de Valores de Moçambique (BVM) cresceu na capitalização bolsista passando de 102.139 milhões de Meticais, em Dezembro de 2019, para 118.979 Milhões de Meticais, em Novembro de 2021, correspondente a um crescimento de 16,5%. Em relação ao rácio da capitalização bolsista, que actualmente representa 17,8% do PIB, teve um crescimento de 17,8% face aos 15,1% no final de 2019.

Estes dados foram apresentados pelo Presidente do Conselho de Administração da Bolsa de Valores de Moçambique, Salim Valá durante a cerimónia de premiação dos bancos que se destacaram pela sua intervenção para o crescimento e desenvolvimento do mercado de capitais e da BVM que teve lugar na Cidade de Maputo, no dia 17 de Novembro corrente.

Na ocasião, Salim Valá acrescentou que o volume de negócios teve um crescimento de 66,8% ao passar de 5.100 milhões de Meticais no final de 2019 para 8.507 milhões de Meticais em 2021. O índice de liquidez do mercado subiu 44,2% passando de 5% em 2019 para 7,2% em 2021.

Ainda de acordo com a fonte, o financiamento global à economia cresceu 73,8%, evoluindo de 124.760 milhões de Meticais em 2019 para os actuais 216.866 milhões de Meticais o equivalente a USD 3.360 milhões. No que tange aos títulos e titulares registados na Central de Valores Mobiliários, aumentaram 27,3% e 6,4%, respectivamente, durante o período em referência.

Salim Valá disse que o único indicador que apresentou uma evolução negativa foi o número de títulos cotados na BVM (-2,3%), dado que em 2019 havia 57 títulos cotados, e actualmente existem 56 títulos.

Os prémios da BVM foram entregues ao Banco Comercial e de Investimentos (BCI), Absa e MyBucks Banking Corporation por apresentar, respectivamente, valor mobiliário com maior liquidez, maior volume de negociação no mercado bolsista e maior banco de custódia por registo de accionista na Central de Valores Mobiliários.

Inflação Anual aumenta em Outubro de 2021

inflacaoout2021O aumento da inflação anual para 6,42%, em Outubro, é explicado, essencialmente, pelo incremento do preço dos combustíveis e produtos alimentares, num cenário de estabilidade da taxa de câmbio.

Para mais informações, aceda a www.ine.gov.mz

Subcategories

Contacto

Rua da Imprensa 265
Prédio 33 Andares
4º Andar, Porta 415
Maputo - Moçambique
Tel: (+258) 21 310818
Email: amb@amb.co.mz